Ser penedo é ser por fora o que se é por dentro (Teixeira de Pascoaes)
... é como ser transparente.

22 de maio de 2011

Que orgulho tenho

(a propósito de: http://www.youtube.com/watch?v=YSvO132aIo0&feature=related)

Quem anda pela Europa e pelo mundo desde, pelo menos, o séc. XII, a vender vinho, castanhas, têxteis, sapatos, tecnologia de ponta, etc., que experimentou do primeiro cinema e fotografia, da primeira maquinaria industrial, que viu dos primeiros hidroaviões e aviões e Zepelin’s, e corridas de automóveis, que em todos os momentos da História de Portugal esteve sempre, e muitas vezes primeiro, do lado patriota e progressivo, que resiste ao saloiismo “cosmopolita”, porque este o tem entranhado e não precisa de o buscar, que conjuga perfeitamente a modernidade e o conservadorismo que outros vivem opondo, que tem estampada na testa a iniciativa, o orgulho do que é… e tudo, se não tudo pelo menos muito disto, feito à custa de si mesma, por ousadia e meios próprios…
quem é assim, não será melhor que os outros nem sequer o quer ser, mas É, existe por si, tem marca inconfundível. Que orgulho tenho em ser português do Porto e do Norte!

Nenhum comentário: