Ser penedo é ser por fora o que se é por dentro (Teixeira de Pascoaes)
... é como ser transparente.

18 de março de 2009

Uma vida d’Arte, Aníbal Ruivo


(texto para o desdobrável da Câmara Municipal de S. Brás de Alportel, por ocasião da exposição de AR, na Galeria Municipal)
Antologia (1945 – 2009)

Uma aptidão precoce, uma capacidade de labor fora do comum e diversificada, uma escola de arte construída por si e para si, embora atenta aos fenómenos artísticos externos, uma peculiar atenção aos materiais, eis como se nos apresenta a obra (e a vida) de Aníbal Ruivo.
Senhor de um desenho apurado, utilizando uma selecta de cores claras e vistosas, com uma capacidade de trabalhar modelos mais realistas ou mais abstractizantes, Mestre Ruivo alheou-se, nesta sua já longa travessia temporal pelas artes, do fervilhar, por certo criativo, mas mesquinho e interesseiro, das correntes, das influências e dos interesses e dos poderes que o mundo das artes e dos seus actores se envolvem.
Ali, na sua Quelfes adoptiva, ele que é de S. Brás e que andou pelas Áfricas, como que se escondeu, numa vida discreta mas bem vivida em termos de natureza e contactos humanos. Não endeusou o seu talento, separando sempre os seus prazeres, amizades e amores da sua capacidade e afinco criativos. É certo que daqueles gozos do mundo retirava ideias, formas e modelos para a sua obra, mas nunca subordinou uns a outros, manifestando sempre uma independência e uma modéstia artísticas que o valorizam, mas que, por outro lado, nunca lhe permitiram uma maior apreciação pública e uma profissionalização a que, incontestavelmente, poderia ter tido acesso.
O livro homónimo desta exposição, neste momento apresentado, representa uma homenagem mais que merecida a um Artista de grande craveira. É, por assim dizer, um (re)lançar largamente público de um património artístico que honra S. Brás , o Algarve e o país e, cujo desconhecimento até hoje apenas deve e pode realçar mais a beleza, o valor e o exemplo que a obra de Aníbal Ruivo representa.

Joaquim Pinto da Silva

Nenhum comentário: